28 de setembro de 2006

Cupins são seres legais.

Image Hosted by ImageShack.us


Removendo a repintura de uma sanefa eis que encontro vários cupins.
Cupins não tem olhos, mas me olham e sorriem pra mim.
Cupins são bons ouvintes, melhor que muita gente por aí.
Pensei que fosse sentir falta de pessoas ao redor, mas estou bem.
A música faz o tempo passar rápido, os fones me dão liberdade pra ouvir na altura que quiser, mobilidade pra dançar, entre a ação do removedor e o desprendimento da tinta...
Eu danço, canto, converso com cupins e penso na vida.
Nunca imaginei que um dia iria achar cupim mais bacana que gente.
Dependendo do tipo de gente... cupim é de longe muito melhor.
Simpáticos, concentrados, determinados, arrisco até a dizer 'com personalidade'... mais que muita gente.
Que coisa, não??

Eu vou mas eu volto.

*Quem quiser ver a sanefa... clica aqui, ó

24 de setembro de 2006

Image Hosted by ImageShack.us



O que é viver a vida?
Olha, acho que hoje eu não sei a resposta...
Logo eu, que tenho resposta pra tudo, q adoro um argumentozinho pra falar por horas.

Eu sei o que é não viver, serve?

Não viver a vida, é esperar.
É deixar de lado aquilo que pensou em fazer.
É guardar pra quando o dia chegar.
É segurar barra de quem não merece.
É se preocupar com quem não quer.
É acreditar em quem não se deve.
É achar que tudo é sempre igual.

A vida é feita de oportunidades... besta que não se lembra disso sempre.

Eu vou mas eu volto.

19:24h *editado*

Porque esse é meu último post de lamentações sobre o mesmo tema.
O que não mata, deixa forte.
Uma hora a ficha cai, e mesmo que seja difícl, que o coração não tenha
assimilado tanto quanto a cabeça, a fila anda.


modo foda-se: [ON]

20 de setembro de 2006

Image Hosted by ImageShack.us


Por que?
Por que eu sempre procuro fazer o que eu julgo melhor?

opção A: quero agradar
opção B: vocação pra idiota
opção C: quero ir pro céu
opção D: burrice
opção E: memória fraca
opção F: todas opções acima

Acho que um dos piores defeitos do ser humano é a falta de consideração.
A gente torce, ajuda, incentiva, vibra... e se fode.
Eu não sei se quero ir pro céu, a memória fraca é por conveniência... (a famosa memória seletiva)
As vezes, é melhor assim.
A gente ignora e continua feliz.
Porque 'vidinha mais ou menos' eu deixo praqueles que não sabem considerar.

Eu vou mas eu volto.

17 de setembro de 2006

Image Hosted by ImageShack.us


Ouvindo 'linger' repetidamente, pensando muito sobre as coisas da vida,
e querendo escrever alguma coisa bem bacana.
Acho que todo mundo quer algo que mude a vida assim... assim.
Talvez esteja me deixando influenciar pelo domingo, talvez esteja cansada.
Estou cansada.
Fisicamente.
Por muito tempo me cansei de situações, hoje consigo pensar.
Tudo vai ser melhor, tudo vai ser bacana porque eu escolho meus caminhos.
O mais fácil ou o mais difícil, dependendo da boa vontade.
Eu já escolhi muitas vezes o caminho mais difícil, e não me arrependo.
Foi foda, foda por opção.
Mas hoje, sou melhor (ou pior, o que não significa que seja ruim).

Sou realista mas ainda não sou prática.
Sou feliz mas ainda não sou completa.
Sou mais eu mas ainda sou uns e outros.

Acho que a coisa bacana vai ficar pra próxima.

-preciso me preocupar menos com o que não me diz respeito
-cada um tem que cuidar da sua vida e resolver seus problemas
-eu resolvo os meus

tu resolves
ele resolve
...
e todos eles que se fodam.

Eu vou mas eu volto.

14 de setembro de 2006

Sabe quando você passa pra fase seguinte em um trabalho e descobre que aquela coisa
chata pra caramba que vocêr fazia era a melhor coisa do mundo??
Então...


Image Hosted by ImageShack.us


Eu queria saber porque as pessoas ignoram a presença de uma 'faixa zebrada'.
(passam por cima, por baixo e só depois perguntam: 'pode passar?')
Também queria saber, muito, porque as pessoas acham que qualquer coisa que se faça numa arcada de madeira é 'matar cupim'.
(restauração, desinfestação... quase ali, ó!)

Uma hora a paciência acaba, e eu que sou chata.

*Enquanto isso no ambiente de trabalho...

-mocinha! meu marido precisa passar mas ele não anda.
-me desculpe, senhora, mas é uma área de segurança.
-mas eu preciso entrar e essa faixa está impedindo.
-sim, senhora, mas é preciso dar a volta pela lateral da igreja.
-mas eu quero passar por aqui e o andaime está no caminho, meu marido não anda e
eu não tenho força pra carregar ele por fora. (detalhe: marido na cadeira de rodas)
-me desculpe, senhora, mas eu também não tenho força para empurrar o andaime.
(detalhe: andaime que sustenta o teto da igreja)


É, eu sou chata!

Eu vou mas eu volto.

11 de setembro de 2006

Muita coisa pra escrever, mas não sei por onde começar, o que dizer ao certo.
Porque nesse mundo, que anda tão desprovido de
gente bacana, ainda é possível encontrar amigos de verdade!

Estar com alguém que se ama muito e se divertir tempo integral... me desculpem, mas é pra poucos.

Alguém que me faz rir, chorar, chorar de rir.
Que fala, que ouve, que ensina, que aprende, enfim,
que faz parte da minha história, com seu jeito que me conquistou.

Feriado perfeito
- Pão com queijo derretido, doce na feirinha, caminhadas, caminhadas, caminhadas
- Conversas na mesa da cozinha e aquela cochilada gostosa no sofá da sala
- Banho junto quente, cobertor por cima e por baixo e pijama até esquentar
- Dormir com as pernas enroscadas, ficar na cama até meio dia
- Rever amigos queridos, peixe ao forno e pudim de maria mole
- Mar, navios, lua cheia, trilho do bondinho
- Prédios antigos, histórias bacanas, noite estrelada
- Pessoas na rua, movimento estranho...
- 417 degraus, uma hora de subida,
pão com calabresa de quermesse, crise de riso, momento 'que que eu to fazendo aqui?',
uns 40 minutos de descida, certeza absoluta de que fizemos um programão e conclusão de que estamos aptos a tirar nossas carteirinhas da funai*!

Ter um namorado non sense, que não só te acompanha mas te incentiva a fazer as coisas mais engraçadas e retardadas da sua vida -> Não tem preço



Image Hosted by ImageShack.us
*olha minha cara de acabada depois da subida, rs


Eu poderia ficar horas aqui escrevendo...
Chego a sentir o gosto, o cheiro e o abraço apertado.
Fecho os olhos, respiro fundo e lembro que foram só mais alguns dias de tantos que estão por vir... *Aiai...

Eu vou mas eu volto.

8 de setembro de 2006

I don't care if Monday's blue
Tuesday's grey and Wednesday too
Thursday I don't care about youit's
Friday I'm in love...

Espero que o feriado esteja bom pra todo mundo...
O meu?
Melhor impossível!

Eu fui, mas segunda feira eu volto.

3 de setembro de 2006

Problemas com o provedor... sem internet uns dias... humpf
Confesso que quase apelei pra internet discada, mas seria ir fundo demais.
Aproveitei minha fase de abstinência pra por algumas coisas em ordem.
*mas que bateu um desespero.. ah, bateu!*


Image Hosted by ImageShack.us


Vida corrida
Dias longos, noites curtas.
Conversas rápidas, filas de banco demoradas.
Comida fria, refrigerante quente.
Um dia inteiro de trabalho pra muito pouco.
Meu complicado e delicioso trabalho.


Dilemas
Escrever ou não escrever.
Ir ou ficar.
Ser ou não ser.
Procurar ou esquecer.

Respostas
Escrever, mas não tudo
Ir, sempre, mas deixar um pouquinho pra trás
Ser, mas não ser o que querem que eu seja
Procurar o que vale a pena, esquecer o que não vale!
Simples, né? Né não mas tudo bem! rs

"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência
e sim de sentir, de entrar em contato.
Ou toca, ou não toca
"

(Clarice Lispector)

Eu vou mas eu volto.