28 de agosto de 2006

Image Hosted by ImageShack.us


Tem horas, que tudo que queremos é ver estrelas, distribuir sorrisos, suspirar ao ouvir alguma música...
São aquelas horas em que o mundo devia girar devagar, pra gente poder se perder em pensamentos.
Mas, tudo tem seu tempo e sua hora...
Não adianta querer fazer o mundo girar mais rápido ou ir contra a natureza.
Qaunto mais idealizamos, encontramos o inverso.
Nem sempre dá pra acompanhar o mundo, nem sempre dá pra passar pela vida ao invés de vê-la passar.
Todos temos os momentos não tão bons assim.
Quando nem tudo vai bem, quando você está no trabalho, e descobre que aquele servicinho chato era maravilhoso,
quando você não pode sair de casa e descobre que vai ter festa, quando você arruma as malas pra viajar e chove,
quando aquele amigo querido fura teu olho, quando o namorado dá no pé, quando o cachorro do vizinho começa uivar de
madrugada e não te deixa dormir, quando tem que lavar a louça do almoço, quando começa o horário eleitoral...
Pára.
Olha pros lados.
Pensa que tudo podia ser pior.
Respira fundo...
e Foda-se!

25 de agosto de 2006

Image Hosted by ImageShack.us



O que é pecado?
O que faz de uma ação pecado?
Pecados são pecados baseados em que?
Em ordens superiores inexplicáveis ou em leis criadas exclusivamente pra moldar a sociedade de forma que as pessoas se sintam arrependidas?

Não entendo pra que seguir uma série de preceitos que nos fazem sentir culpados o tempo todo. Se existe o livre arbítrio, então eu posso escolher o que é pecado ou não.
Porque assim, o que é pecado pra mim, pode não ser pra outra pessoa...
Se pelo menos tudo fosse baseado em não causar mal às pessoas, direta ou indiretamente, já seria meio caminho andado...

Na visão dos outros?
Eu peco sim, todos os dias.
Na minha? Nem sempre...
Apenas não faço pros outros, o que não gostaria que fizessem pra mim.
Essa é a minha forma de pensar.
De não pecar... ou pecar!! quem sabe? rs

Soberba - Basto-me, não dependo de ninguém!
Avareza - Quanto mais tento, mais quero.
Luxúria - Sensualidade, incontinência sexual.
Ira - Descontrole cerebral, por perda do auto-domínio
Gula - Amor excessivo às iguarias.
Inveja - Ele tem. Porque não tenho?
Preguiça - Falta de disposição.

Quem não peca? Quem não tem consciência dos pecados?
Quem não tem prazer em pecar?
O pior? pessoas pagarem de 'certinhas' - não faço isso, não faço aquilo...

Pecar por excesso, pecar por zelo, por amor, por dor...
Dos 7 pecados capitais, cometo todos... fácil...

p.s. Luxúria + Preguiça... ainda têem coragem de dizer que isso é PECADO???

Ui!

Eu vou mas eu volto.

22 de agosto de 2006

Image Hosted by ImageShack.us


Alegria é igual tristeza, só que ao contrário....
Sim, eu estou animada mesmo com tantos problemas.
Sim, eu tenho problemas!!

Sou avessa às pessoas com excesso de entusiasmo, meu sarcasmo não deixa.
"Amo a vida, sou elegre, tudo é lindo..." *irc*
Sem paciência pra pessoas boazinhas, meiguinhas e educadinhas.
Eu sei ser feliz sem fazer ninguém vomitar!

Tá tudo uma bosta mas eu vou levando, porque me falaram que eu tenho que ser positiva e eu concordo com isso.
Não concordo com tudo mas tenho bom senso.

Se fosse "maria vai com as outras" estaria com certeza infeliz.
Sou cabeçuda, adoro uma parede, um fundinho de poço então... hmmm
Mas me levanto sempre, renasço como uma fênix... Hããã??
Fênix é o caralho!!
Prefiro um daqueles periquitos amarelos que ficam andando de um lado pro outro, muito mais simpáticos.

Já que é pra se foder, foda-se com classe... linda... loira...
Chute o balde, faça da jaca sua pantufa, grite, chore, corra, mas divirta-se acima de tudo, nunca se esquecendo que meia merda não dá meia culpa!!

*tentando atingir um estado de elevação espiritual superior, não me deixando abater por problemas que passam rápido*

Vivendo e aprendendo... bum humor é tudo, beeeesha!

Eu vou mas eu volto

19 de agosto de 2006

Image Hosted by ImageShack.us



Estamos todos sempre certos.
É, pode parecer loucura, mas na maioria das vezes ninguém é totalmente certo ou totalmente errado.
Cada um faz aquilo que julga o melhor.
Lógico, não vou abranger as filhadaputices básicas, to falando de pessoas que fazem as coisas com boa intenção.
Ok, de boa intenção, o inferno tá cheio... lotado... transbordando!
Mas essa pode ser uma saída - boa saída, diga-se de passagem - pra entender/aceitar/engolir certos problemas e dificuldades que passamos.
O fato de cada um fazer sempre o que julga o melhor não redime os erros, porém, deixa a consciência tranquila, e faz acreditar que as outras pessoas podem tem lá sua parcela de culpa, mas não fizeram de todo o mal.

Não resolve mas ajuda... rs

Voltando ao 'onde eu errei', eu simplesmente não errei.
Falhei, assim como tantos, assim como falharam comigo, assim como sempre vai ser...
A diferença?
Deito e durmo sem maiores preocupações, tenho certeza que fui educada e justa.

Comecei esse post pensando em pessoas que me magoaram, acabei tendo a certeza que, seja o que foi que fizeram, sendo de propósito ou não, não me afetou tanto assim.
Não tenho raiva de ninguém.
Sinto pena de uns e de outros, o que acho bem pior.
Pior pra eles, melhor pra mim que vivo bem.

E assim eu continuo pensando, caindo, levantando e andando... nem sempre exatamente onde quero,mas com certeza por lugares bem mais bacanas que aqueles que erraram por maldade.

p.s apaixonada e feliz, sempre.

Eu vou mas eu volto

16 de agosto de 2006

Image Hosted by ImageShack.us



Angústia

Do latim angustìa 'curteza, brevidade; apuro; desfiladeiros'
de angustus,a,um 'estreito, apertado; curto de pouca duração',
de angère 'apertar, afogar, estreitar'

Acepções
* substantivo feminino
1 estreiteza, redução de espaço ou de tempo; carência, falta
2 estado de ansiedade, inquietude; sofrimento, tormento

Aperto no peito, nó na garganta, vontade de gritar, correr, xingar...
Ou simplesmente uma vontade desesperada de pegar o telefone e ouvir um 'alô...' do outro lado.
Sentir saudade é algo difícil, mesmo que seja 'saudade da boa', que sabemos que vai ser matada em breve.

"As vezes te amo por quase um segundo
depois te amo mais..."

Eu vou mas eu volto.

11 de agosto de 2006

Image Hosted by ImageShack.us


Quando o sol de cada dia entrar
chamando por você
querendo te acordar
Vai ter sempre alguém pra receber
dizer para esperar
você já vai chegar
Alguém pra olhar a casa
e alguém que regue o seu jardim
até você voltar
E como é normal acontecer
se num entardecer
a dor te visitar
Vai ter sempre alguém pra socorrer
fazer o seu jantar
dormir no seu sofá
Enquanto a noite passa por mim
Eu rego o seu jardim
Você já vai voltar...
*Leoni


Ouvindo essa música indo pro trabalho, cheguei a conclusão de que a sensibilidade da letra é única.
É, de certa forma, tudo que eu sempre quis, alguém não só pra fazer meu jantar ou regar meu jardim.
A letra simples, vai além do que posso ler/ouvir, vai nos sentidos, me faz acreditar que sempre vai existir alguém em que se possa contar.
Caminhar ao lado, sem maiores pretenções, amor de verdade, daqueles que,
por mais que precise de algo em troca, não ame somente por esse motivo.
É o que eu quero ser também.
Ver a noite passar e ter a recompensa de ver alguém voltar e sorrir, pelo simples fato deu estar ali...

Taí uma coisa que eu queria ter escrito.
Muito foda!!

Eu vou mas eu volto.

8 de agosto de 2006

Image Hosted by ImageShack.us


Boas (?) lembranças...
Queria um brinquedo daqueles do kinder ovo.
A long, long time ago... a bonita aqui comeu 15 -pasmem!- 15 kinder ovos só pra ganhar 15 brinquedos.
Resultado?
além da noite de rainha uma intoxicação alimentar e 2 dias tomando soro.
Nunca mais consegui sentir o cheiro do chocolate.
Mas tenhos amigos verdadeiros, que comeram alguns pra mim hoje, e me deram as surpresinhas, hehe

Precisava de alguma coisa pra alegrar meu dia...

Os brinquedos estão aqui na minha frente, mas ganhei muito mais que isso.
Pequenas atitudes que fazem muita diferença!

*muito feliz*

Eu vou mas eu volto.

6 de agosto de 2006

Image Hosted by ImageShack.us


O que é uma semana sem computador pra quem o tem todos os dias, todas as horas...
Nessa hora que a ficha cai, que a gente percebe como é dependente.
Enfim, a vida virtual me faz falta, reconheço.
Isso dá margem pra pensar em todas as outras coisas que só sentimos falta quando perdemos.
Talvez não perder no total sentido da palavra, mas deixar de ter por alguns dias.

Essa semana pra mim, foi reflexiva.

Dia desses, voltando do trabalho, olhei pro céu e vi uma tarde como não via há muito tempo.
Fiquei ali, andando e olhando... mas logo abaixo daquele céu lindo, tava a entrada da favela, que até então eu não havia prestado atenção.
E quanto mais perto eu chegava, maior ficava a favela e menor a visão da tarde...
Quando já estava bem perto eu apenas podia enxergar a favela com todos seus problemas e o céu escondido atrás dela.

Me deu um estalo, aquela era a metáfora que explicava uma boa forma de enxergar o mundo, de olhar para meus próprios problemas...

- Se eu olhar para meus problemas de perto demais, se focar somente neles, vou ter a impressão que o problema é tudo o que existe no mundo, não vou ver o lado bom, e vou acabar achando que ele é grande demais pra ser resolvido.

- Mas se eu me afastar um pouco, eu percebo que aquele céu também faz parte da cena,que as coisas não são tão ruins assim, que nada é tão grande quando olhamos no angulo certo.E isso dá ânimo pra seguir em frente!

Pode parecer bobagem, coisa fácil de se perceber,mas sempre tem aquele dia que a gente 'cai na real' e até as bobagens fazem uma diferença enorme na vida.

Tô de volta, computador formatado, e cheia de histórias pra contar.

Eu vou mas eu volto