23 de abril de 2009


Porque eu ando vestida e armada com as armas de Jorge.

Assim, por afinidade. Acredito nele e ele me protege sempre.
Da Capadócia pra Roma, teve coragem pra afirmar que os ídolos pagãos eram falsos deuses. Isso, na frente do imperador... né pra qualquer um não, malandro!!
Guerreiro da fé, São Jorge venceu contra Satanás terríveis batalhas, por isso sua imagem mais conhecida é dele montado num cavalo branco, vencendo um dragão.
Ele nos convida a seguirmos Jesus sem renunciar o bom combate com briga é mais gostotso.
Foi decapitado, lutando até o fim por seus ideais.
Eu acredito... e muito!

Salve São Jorge Guerreiro, salve São Sebastião...
Ogum iê!

Eu vou mas eu volto.

11 de abril de 2009



O coelho da páscoa não vai passar por aqui.

Nossa primeira páscoa separados.
Segundo ele, a partir da próxima, vamos estar juntos para sempre.
Meu pessimismo o estressa, seu otimismo me irrita.
Cada vez mais tenho certeza que tudo vai dar certo.
É... ele me completa.


Eu vou mas eu volto.

5 de abril de 2009



O domingo começou com sol, oito e meia da manhã, uma disposição estranha pra arrumar armários e gavetas.
Projetos da faculdade, apostilas, cadernos, fotos, anotações, agendas (ah! as agendas...) e alguns livros esquecidos
É... passou o tal filminho na cabeça, rs.
Foram 3 sacolas cheias de papel pro 'tiozinho' do reciclado e alguns sentimentos deixados pra trás.
Tudo passou tão rápido e com tanta intensidade que não sobra espaço pra saudade.
Não vou levar nada pra casa nova, mas tenho a sensação que nunca vou me desfazer de tudo isso.
Mas foi importante me desligar de algumas coisas, quase uma metáfora do que realmente está acontecendo na minha vida.

A vida sempre muda, não é novidade pra ninguém.
Mas existe uma grande diferença entre uma mudança natural mas inevitável e uma mudança planejada.
Minha vida vai mudar... ai que frio na barriga!

Eu vou mas eu volto.