2 de outubro de 2013

Pra ler ouvindo, mas sem dramas, por favor.



Então eu volto aqui e lembro que há meses atrás eu iniciava um projeto.
Deu tããão certo, que eu nem lembro qual era.
E a vida deu tantas voltas quanto um filme amador de baixo orçamento.
Juro, queria estar juntando os cacos.
Seria tão mais fácil, já que estou fazendo o caminho inverso.

Mas nada que dure uma vida inteira.
Assim como o arco iris vem depois da chuva.
Assim como ninguém morre de amor...
Bem blasé, rs

Tô seguindo, tentando tornar o amor real, se é que isso existe.


Eu vou mas eu volto.



2 comentários:

Menina rosa disse...

Meeeeu! mó tempão que não apareço por aqui?e aí, tem andado muito na chuva? rs
Procurarei andar mais tb...bjuu!!!
http://sol-risos.blogspot.com.br/

Elaine disse...

"Tornar o amor real é expulsá-lo de você para que ele possa ser de alguém." Essa frase traz um ensinamento fundamental para quem se importa em viver amores reais. Espero que você tenha conseguido, e continue aprendendo e praticando todos os dias. Grande abraço e feliz ano novo!