20 de abril de 2010




Andando na rua e rindo* da vida...
Tanta correria, que os pensamentos foram longe demais em busca de idéias e me deixaram sem escrever.
Estou estranhando as palavras.
Confesso que não sei se é a Sônia Abrão que está me emburrecendo ou se é alguma parte do cérebro, que devia merecidamente se mandada pra estudo após minha partida, que está em stand by esperando dias melhores...
Dias melhores não, tempos melhores.
Essa última semana me trouxe lições, não gosto (muito) de listar, mas dessa vez, vale a pena destacar ;)

Você só conhece realmente alguém quando dá poder a essa pessoa.
O que os olhos não vêem, não acreditam.
Risinhos falsos são todos iguais.
Quem pensa que é grande coisa, sempre encontra alguém maior.
Um dia a gete se dá conta do que perdeu.
Um dia a gente se dá conta do que ganhou.
Um dia a gente se dá conta do que se livrou.
Depois da maior merda que aconteceu no seu dia, rir faz bem*
E que tudo e mais um pouco, sirva como lição.

Eu vou mas eu volto.

Nenhum comentário: