8 de março de 2009




Toda mulher é mulher.
Frescura? carência? imaturidade? exagero? extremismo?
Pense o que quiser, não vai fazer diferença, ela não vai deixar de ser mulher.

Toda mulher é menina, eu, minha mãe e até minha avó.
Não precisa de idade pra se sentir a vontade e mostrar a emoção.

Pode segurar, mas o coração vai apertar e só dentro do peito é que se sabe o a dor e só na garganta que se sabe o nó.

Se eu pudesse fazer um pedido aos homens, seria esse
Trate mulher como mulher!

Não esqueça as diferenças, ela pode ser forte, pode ser valente, pode ser brava ou independente.

Mas quer ser menina de vez enquando, mesmo que por pouco tempo, mesmo inconsciente.

Sei lá... esse ano eu tô sensível besta.

Eu vou mas eu volto.

Nenhum comentário: