10 de fevereiro de 2008

Tenho feito do blog meu muro das lamentações particular nos últimos tempos.
A eterna insatisfação humana...
Se eu reclamo, sou chata, pessimista, dolorida...
se não reclamo, quando vou falar que as coisas não andam muito bem, sou advertida por uma cara de espanto:

- mas como 'não andam bem' se você não reclama de nada?

Nunca gostei de reclamar, muito menos de ouvir reclamações alheias. (diferentemente de ouvir 'desabafos', não sou tão insensível assim)
Tem coisa mais chata que vc encontrar alguém na rua e perguntar se 'tá tudo bem' e a pessoa desabar a contar os problemas?
Ouvir sobre as dívidas, sobre a família, sobre o marido, as crianças, o cachorro que não pára de latir e o papagaio que está perdendo as penas??
Ninguém merece!
Problema, todo mundo tem, cada um sabe onde o calo aperta e quanto dói uma saudade.

...

Não estou conseguindo me concentrar em nada por muito tempo.
A paciência anda curta que só.
Talvez seja uma pseudo tpm, talvez sono acumulado.

Ah... eu vou mas eu volto.

Namastê!

Nenhum comentário: