17 de fevereiro de 2008

Nada como um dia após o outro, e melhor ainda, dias bem pensados.
Amar, entender, perdoar e aceitar, diferente do que pensava, não são sentimentos isolados, e todos eles levam ao querer.
Existe uma grande diferença sim, entre amar e querer bem.
Quem ama, não pensa nas coisas que incomodam, não pensa que o outro precisa mudar, não pensa que não vai dar certo por isso ou por aquilo...
Quem ama não contesta, quem ama não tira férias.
Quem ama, pensa com a cabeça também, não só com o coração, mas sempre pondera antes de tomar uma atitude, o coração não deixa a cabeça ser 'dura' quando se pode magoar a pessoa amada.
Quem ama, não quer dar lições e ensinar nada às duras penas.
Enfim, sem clichês, quem ama, ama e pronto!

Pensando assim, podemos perceber quando somos amados e quando fazemos bem.

Hoje, posso dizer que amo de verdade.
Também posso dizer que sou muito querida.
Assim como essas certezas, acredito que fiz o melhor sempre, e que essa é minha recompensa pessoal.

Colhemos o que plantamos, ganhamos o que merecemos e por isso eu sou feliz!

Eu vou mais eu volto.

Nenhum comentário: