2 de dezembro de 2007

Image Hosted by ImageShack.us


Sou aquela que muitos chamam de pseudo organizada.
Entrando no meu quarto, se vê tudo no lugar, porta retratos alinhados, cama esticadinha, minhas 'tranqueiras' distribuidas
estrategicamente nas estantes e mesa do computador, esse com os fios todos juntinhos, livros no lugar e as portas do guarda roupa bem fechadas.

Por fora, tudo muito bonito... rs
Não que seja péssimo por dentro, mas por tás das gavetas e portas bem fechadas do guarda roupa, a coisa muda de figura e a organização passa a não ser a mesma.
Mas, um belo dia, a necessidade de arrumar o guarda roupa bate.
Separar as roupas de verão e inverno, as regatas por cor, as saias, vestidos e calças.
Tirar o que não uso mais, e separar, o que vai e o que fica (sempre tem aquela blusinha que acompanhou nas melhores viagens, ou aquele pijaminha que nem serve direito e é o mais gostoso pra dormir).
Acabar com a bagunça escondida!

E assim, arrumando o guarda roupa, penso que não é apenas isso que quero fazer.
É hora de arrumar a vida.

Organizar as prioridades, distribuir estrategicamente os ideais, alinhar os caminhos e correr atrás dos sonhos.
Separar os problemas, deixar pra trás, definitivamente, algumas mágoas.
Por as verdadeiras amizades nas prateleiras de cima, por passado em gavetas e trancar aquelas que não tem mais necessidade de revirar.

Abrir espaço físico no guarda-roupa, automaticamente se abre espaço mental pra por ordem na vida e deixar isso refletir daqui em diante...
... até a próxima arrumação!

Eu vou mas eu volto.

Nenhum comentário: