30 de outubro de 2006

"A gente não quer só comida,
A gente quer comida, diversão e arte
A gente não quer só comida,
A gente quer saída para qualquer parte,
A gente não quer só comida,
A gente quer bebida, diversão, balé
A gente não quer só comida,
A gente quer a vida como a vida quer
A gente não quer só comer,
A gente quer comer e quer fazer amor
A gente não quer só comer,
A gente quer prazer pra aliviar a dor
A gente não quer só dinheiro,
A gente quer dinheiro e felicidade
A gente não quer só dinheiro,
A gente quer inteiro e não pela metade."


Image Hosted by ImageShack.us


Eu sou inteira.
Sou intensa.
Na vida, pagamos por isso também.
Pagamos pela complexidade aos olhos dos outros.
E quem não quer nossa complexidade?
Quem não aceita?
Como não ser eu mesma aos olhos de quem não me entende?
Não... não tem como deixar de ser o que é.
Não é uma questão de ser inflexível.
Não quero ser outra coisa a não ser eu.

Eu vou mas eu volto

Nenhum comentário: