9 de abril de 2006

Image Hosted by ImageShack.us


Ressaca moral.
Sabe aquela sensação de perder algo que se gosta muito?
Ou de descobrir que aquilo que você acreditava e gostava tanto era uma grande mentira?
Não perdi nem descobri nada, mas as sensações são fortes em mim.
Tenho necessidade de escrever, queria que minhas palavras fossem entendidas com a mesma facilidade que são escritas.
Facilidade?
Acho que não, não tá sendo fácil.
Mas queria ser entendida do mesmo jeito.
Esperar passar, acho que é a única saída pela esquerda que eu tenho.

Tempo filhodaputadaporra!

Vontade de falar palavrão... de gritar, de chorar, de me descabelar, de esmurrar alguém, de chutar o que tiver pela frente, de bater porta, de rasgar papel, de quebrar prato, de jogar coisas no chão, de resmungar mais alto, de falar chorando que ninguém me entende, de sair correndo, de mandar tomar no c*, de falar foda-se pra todo mundo...
vontade de afundar a cara no travesseiro e ficar gritando, de deitar na cama e ter quem abraçar...
Vontade de deixar o chuveiro aberto e ficar sentada no chão, ouvindo o barulho da água correr...
De todas as vontades, só consegui escrever...

Nenhum comentário: